2013: Retrospectiva / Retrospective

2013 - Coletiva do Clube Internacional de Brasilia//embedr.flickr.com/assets/client-code.js
2013, Coletiva "Brasil: As Cores da Floresta", Câmara Legislativa-DF (2)//embedr.flickr.com/assets/client-code.js
2013, Coletiva "Brasil: As Cores da Floresta", Câmara Legislativa-DF (1)//embedr.flickr.com/assets/client-code.js
OBS.: esta retrospectiva é, simultaneamente, “SAIDEIRA”.

Advertisements

leituras (i.e. estudo)

Algumas leituras das matérias que estou cursando no semestre – na forma de livro, enquanto outras estão na forma de textos xerocados já comecei a adiantar, se bem que a segunda forma é empregada apenas como último recurso, em um esforço para economizar grana! Quanto ao resto, a biblioteca ajuda. Por sorte, já tenho alguns dos livros, comprados há vários anos aos poucos, em um esforço para montar uma biblioteca filosófica minimamente aceitável.

Este semestre consistirá em uma viagem em voo de pássaro sobre os diferentes sistemas e tradições filosóficos, o papel do saber histórico-filosófico e uma análise estrutural das produções filosóficas, além de uma assimilação das noções de Lógica tal como utilizada no campo da Filosofia.

UPDATE 05/11: em um esforço para obter fontes de credibilidade, foi-me recomendado hoje este excelente blog, “Não Gosto de Plágio”. Vale a pena tê-lo à mão, como ferramenta defensiva, a começar por esta postagem que enumera (ANTI)referências bibliográficas. (e mais esta!) Vale a pena também acompanhar outro blog, Livros e Afins, com respectivas páginas Facebook e Google+ (ver links no próprio blog).

Quem tem fôlego para escrever esse tanto, em um quadro-negro / Who has taken breath to write this much on a blackboard ????? 😵📝📚📖 #earlymorning

novo / new video

Editei e subi este vídeo no meu canal Youtube, hoje de manhã. Trata-se de uma tomada (devidamente editada) de celular feita na Embaixada da Indonésia em Brasília, em maio último, durante um evento cultural por lá realizado – evento inesquecível, dada a riqueza da cultura indonésia e a amabilidade de sua gente.

O vídeo mostra uma das facetas do evento: a apresentação de músicos nativos, onde “GAROTA DE IPANEMA” é executada no Angklung, uma espécie de xilofone nativo feito de bambu – no caso, uma verdadeira orquestra desse instrumento, a executar a conhecidíssima composição de Tom Jobim em uma interpretação encantadoramente harmoniosa e melódica.

À ocasião do evento, algumas fotos foram também tiradas.

==========

A new video has just been edited and uploaded on my YT channel: a shot from mobile (properly edited), on a cultural event taken at the Embassy of Indonesia in Brazil, on May. It was a truly memorable event, given the richness of the Indonesian culture as a whole, as well as their amiable people.

The video shows a facet of the event: a musical presentation in which native musicians perform “THE GIRL FROM IPANEMA” in the Angklung, a type of native xylophone built in bamboo – in this case, a true orchestra of this instrument, playing the well-known Brazilian Jazz composition in an enchantingly melodic interpretation.

By the time of the event, some photos had been also taken.

2012: retrospectiva (fotos) / retrospective (pics)

Iracema Brochado, Carmen Fraga e Clube Internacional de Brasília

 

2012 - Coletiva do Clube Internacional de Brasilia mai2012 - coletiva "Janela das Emoções", LBV-DF (2)

mai2012 - coletiva "Janela das Emoções", LBV-DF (1) Ago2012 - Coletiva "Janela das Emoções", Câmara Federal (2)

Ago2012 - Coletiva "Janela das Emoções", Câmara Federal (1) 2012 - coletiva do 52º aniversário da RA Lago Sul, DF (2)

2012, coletiva do 52º aniversário da RA Lago Sul, DF (1)

noite de abertura: JANELA DAS EMOÇÕES

Segue um resumo do coquetel de abertura da nossa exposição coletiva de pinturas – aberta ao público até o dia 28 próximo, no Anexo IV da Câmara dos Deputados -, na forma de uma colagem de fotos: algumas tiradas por mim, outras gentilmente cedidas por Carmen Fraga, nobre colega expositora =)

A vernissage foi um sucesso e o espaço, incrível. Valeu a pena MESMO!

Ago2012 - Coletiva "Janela das Emoções", Câmara Federal (2)//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

Ago2012 - Coletiva "Janela das Emoções", Câmara Federal (1)//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

Mostra coletiva de arte em comemoração do aniversário do Lago Sul (DF)

LINK PARA O CONVITE NO FACEBOOK

Dia 16 de agosto próximo, a XVIª Região Administrativa estará celebrando o aniversário do Lago Sul com uma série de eventos, que incluem uma grande exposição exclusivamente com artistas dessa região, tanto escultores quanto pintores.

CURADORA
Flávia Isa Obino Boeckel (perfil Facebook)

PORTAL
ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO LAGO SUL

Até o presente momento, em torno de 54 artistas confirmaram participação na mostra:

Adriana Alves, Ambrosina Coradi, Angélica Bittencourt, Antonia Celia, Carmen Fraga, Cecile Martins, Celia Maldonado, Chico Metamorfose, Cristina Portella, Dilza Araújo, Diniz Felix, Dulce D´Assunção, Dulce Schunck, Elca Cascão, Eunice Monteiro, Eusanete Sant´Anna, Fernando Janot, Flávia Cortopassi, F. Caravellas, G. Sardin, Gildred Nascimento, Helvécia Moura, Huet Azevedo, Inez Campos, Iracema Brochado, Irany Poubel, Ivan Batista, Jeanne Maz, Lêda Watson, Lelo, Lia Zveiter, Liane Lopes, Linda Khodr, Lourdes Denicol, Lucilia Feu, Lucymar Melo, Marcia Mazzoni, Marcia Rosa, Marcos França, Mari Lasta, Mª Alice Prata, Marinêz Coral, Marlene Godoy, Moren, Nair Andrade, Nancy Safatle, Pat Bagniewski, Paulino Aversa, Ricardo Stumm, Sanagê, Solange Bogéa, Sy Fiori, Tania Dassow Dias, Theresa Neves, Vivianne Rocha

MAIS DETALHES SERÃO CONFIRMADOS. FIQUE LIGADO(A)!

#Coletiva de #arte #aniversário 52 anos do #lagosul

Uma publicação compartilhada por Iracema (@immb95) em

//platform.instagram.com/en_US/embeds.js

2012, coletiva do 52º aniversário da RA Lago Sul, DF (1)//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

aplicativos multitarefa

À medida em que familiarizo-me com o PicsArt (aplicativo exclusivo do Android, por enquanto – os iPhonemaníacos esnobam, e eu esnobo de volta, ui!), constato que ele serve não apenas como diversão, mas também como verdadeira ferramenta de trabalho, para divulgação ou resumo de eventos e ocasiões – como estes que fiz, divulgados via Instagram, Streamzoo (e pelo Twitpic também) e, por tabela, pelos Flickrs e Picasas da vida.

Com todos os recursos de que o aplicativo dispõe, talvez eu não exagere ao afirmar que o PicsArt é um verdadeiro “mini-Corel” para celular.

Minha página no PicsArt

evento: coletiva JANELA DAS EMOÇÕES, em agosto

ARTISTAS PARTICIPANTES (ordem alfabética):

Beatriz Cavalcante
Carmen Fraga
Iracema Brochado
Raquel Schmitt
Renata Prata
Solange Lannes

(LINK PARA O EVENTO, NO FACEBOOK)

De portfolio: eventos

UPDATE 10/07: CONVITE OFICIAL

De portfolio: eventos

netiquette – pano para manga (2)

Quando resolvo ensaiar alguma coisa sobre netiqueta, não se trata de “ditar regras” e sim de refletir com base em experiências próximas – e próprias, também.

Desta forma, hoje resolvi escrever um pouco sobre aqueles convites virtuais que se postam no Facebook (recurso para o qual também apelo, quando necessário).

Quem já conhece o recurso, sabe muito bem das ferramentas de que o mesmo dispõe, incluídos aqueles botõezinhos lá no topo da página que disponibilizam aos convidados as opções de aceitar, recusar ou responder com um “talvez” ao evento. OU, simplesmente, não responder, conforme a conveniência do freguês.

Penso que, no caso daqueles que decidem clicar em “RECUSAR” (ou “declinar”), fica implícita uma certa responsabilidade, uma vez que as recusas também estão lá publicadas na página do evento. Trocando em miúdos: àqueles que recusam o convite, caberia responder – agradecendo, justificando a ausência (se possível) e, porque não dizê-lo, desejar boa sorte, sucesso, felicidades etc.

E, para aqueles que me acusam de chata, respondo: não, não estou sendo chata coisíssima nenhuma. Pelo contrário, estou sendo BEM pega-leve, uma vez que não estendo o critério acima especificado àqueles que simplesmente não respondem, ou respondem com um “talvez”. Aí sim, certamente seria exigir demais, rabugice mesmo.

A questão é a de que, conforme já mencionado, as recusas TAMBÉM ficam lá, públicas, no mural, tanto quanto as confirmações ou os “talvezes”. E, convenhamos: nestas circunstâncias, recusar OFICIALMENTE sem nada responder fica chato, e no plano online não seria muito diferente. Talvez até pior, justamente pelo fato das recusas também aparecerem lá para quem quiser ver.

Pensem bem…

#fashion #event (1)